Úrsula Corberó: conheça mais 5 filmes e séries com a Tóquio de La Casa de Papel

Úrsula Corberó: conheça mais 5 filmes e séries com a Tóquio de La Casa de Papel

Úrsula Corberó Delgado é uma popular atriz espanhola, conhecida principalmente por seu papel como Tóquio (ou Tokyo) na série La Casa de Papel, da Netflix.

A diva nasceu em 11 de agosto de 1989 na cidade de Barcelona, na Espanha, e começou sua carreira profissional em 2002, quando estrelou na série televisiva Mirall Trencat como Maria e, desde então, não parou mais.

Por isso, hoje recomendamos outros cinco filmes e séries incríveis para conhecer melhor a carreira da atriz Úrsula Corberó além de seu maior sucesso, La Casa de Papel, além de explorar um pouco mais do que há de bom rolando no audiovisual espanhol.

Confira as dicas logo abaixo, com trailer e sinopse:

Física O Química (2008-2011)

Sinopse: Acompanha a vida de estudantes do ensino médio lidando com drogas, gravidez na adolescência e sua sexualidade.

Cómo Sobrevivir a una Despedida (2015)

Sinopse: O filme conta a história de 5 amigos (quatro mulheres e um homem), em uma celebração de despedida de solteira nas Ilhas Canárias.

Desnorteados (2015)

Sinopse: Hugo e Braulio, dois jovens com formação universitária, fartos de uma Espanha incapaz de dar trabalho e um futuro, decidem emigrar para Alemanha seguindo os cantos de sereia de um programa de televisão tipo “Espanhois pelo mundo”. Mas logo descobrem que perseguir o sonho alemão pode ser um pesadelo.

Anclados (2015)

Sinopse: Margarita Santaella toma as rédeas do cruzeiro Ancla II para recuperá-lo depois de receber uma multa milionária por causar o naufrágio do navio da família real. Além disso, terá que lidar com a peculiar tripulação do navio.

Árvore de Sangue (2018)

Sinopse: Rebeca (Úrsula Corberó) e Marc (Álvaro Cervantes) são um jovem casal que decide fazer uma viagem para descobrir o passado em comum de seus ancestrais. Agora, depois de revisitarem as histórias de suas respectivas famílias, um dos dois precisa fazer uma difícil confissão.

Deixe uma resposta