Pedro Alonso | Confira 6 filmes com o Berlim de La Casa de Papel

Pedro Alonso | Confira 10 filmes com o Berlim de La Casa de Papel

Pedro González Alonso, mais conhecido somente como Pedro Alonso, nasceu em 21 de junho de 1971 na Espanha e, aos 48 anos de idade, é principalmente (e internacionalmente!) reconhecido por seu papel como Andrés “Berlin” de Fonollosa, o Berlim de La Casa de Papel, popular série espanhola originalmente exibida na rede televisiva Antena 3 e agora lançada pela Netflix.

Entretanto, o astro não vive de uma série só: como o grande ator que é, seu talento também é aproveitado em outras mídias, como no cinema, e hoje selecionamos seis filmes incríveis para conhecer Pedro Alonso como mais do que Berlim.

Confira a nossa lista:

18 Comidas (2010)

Sinopse: Uma mulher casada ainda sonha com este músico, que se apresenta nas ruas, e que deixou passar há muito tempo a chance de ser feliz. Dois amigos decidem se embriagar pelo resto do dia. Um homem não sabe que seu irmão está apaixonado por outro homem. Uma mulher não está satisfeita com o que ganha. Duas irmãs brigam porque uma delas queria ser cantora. Dois velhos comem em silêncio. Deixe os personagens em repouso durante um dia inteiro. Coloque uma pitada de drama, e outra de comédia. Cozinhe em fogo baixo estes pedaços de vida tão semelhantes à nossa.

Onde Está a Felicidade? (2010)

Sinopse: Teodora (Bruna Lombadi) descobre que seu marido (Bruno Garcia) estava mantendo uma relação virtual e entra em crise, o que resulta na perda de seu trabalho como apresentadora de um programa culinário. Desiludida, resolve cair na estrada e parte para uma viagem de autoconhecimento, percorrendo o Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha. Junto com seu antigo diretor e uma nova amiga, Teodora vive uma divertida aventura, enquanto Nando bola um plano para reconquistar seu grande amor. Será que eles conseguem ficar juntos novamente?

Tudo Que Quiseres (2010)

Sinopse: Leo e Alicia são casados e moram com a filha Dafne, de quatro anos. Como numa família tradicional, a mãe preocupa-se em cuidar da filha e educá-la, enquanto o pai vive fora de casa, trabalhando. Contudo, a morte repentina de Alicia por um ataque epiléptico abala radicalmente esse equilíbrio familiar. Sentindo uma falta brutal da figura materna, a menina tem grandes dificuldades de superar a perda. Tentando atender como pode as demandas da filha, Leo chega ao ponto de renunciar a si próprio, colocando em jogo sua própria identidade.

El Desconocido (2015)

Sinopse: Seguindo sua rotina, Carlos (Luis Tosar), um executivo bancário, se prepara para levar os filhos na escola. Ao ligar o carro, ele recebe uma ligação anônima informando que há uma bomba embaixo do seu assento. Para o carro não explodir, Carlos precisa em algumas horas juntar uma grande quantia de dinheiro.

A Praia dos Afogados (2015)

Sinopse: Numa manhã, o cadáver de um marinheiro é arrastado pela maré até a costa. Se não tivesse as mãos atadas às costas, Xusto Castelo seria outro dos filhos do mar que encontrou a morte entre as águas enquanto pescava. Sem testemunhas e pistas da embarcação do finado, o lacónico inspector Leo Caldas mergulha-se no ambiente marinheiro da vila, tentando solucionar o crime. A praia dos afogados é um filme realizado por Gerardo Herrero, e adaptado da obra homónima de Domingo Villar.

O Silêncio Do Pântano (2020)

Sinopse: Em O Silêncio do Pântano, Q (Pedro Alonso) é um ex-jornalista reconvertido em um escritor de livros de romances policiais. Ele é um homem de sucesso respeitado por seus fãs, mas na realidade Q é um psicopata de sangue frio. O escritor vive em uma compulsão por matar que, eventualmente, ele traduz a seus romances, escrevendo sobre isso como se fosse ficção.

Qual o seu filme preferido de Pedro Alonso?